Serviço de AVC de Reabilitação

Reabilitação intensiva nos AVC

A realização de programas de reabilitação intensivos na sequência de acidentes vasculares cerebrais reduz comprovadamente a mortalidade e o grau de incapacidade e dependência de terceiros. Pela elevada incidência destes problemas e pelas exigências específicas de reabilitação nesta área, o Hospital do Mar Lisboa possui um serviço de internamento específico para doentes que sofreram acidentes vasculares cerebrais.

No Serviço de AVC de Reabilitação os doentes permanecem internados durante períodos que em regra não excedem algumas semanas, durante as quais cumprem planos intensivos de reabilitação, planeados por equipas multidisciplinares e sob supervisão de um quadro técnico com formação específica, pretendendo-se assim a recuperação da funcionalidade e/ou a adaptação a novas formas de desempenho que contribuam para a autonomia e qualidade de vida.

Protocolos e recursos específicos

O Serviço de AVC de Reabilitação está organizado em conformidade com as orientações EUSI (European Stroke Initiative) e possui protocolos estabelecidos para triagem, avaliação neurológica, procedimentos clínicos e procedimentos de reabilitação.

Os recursos físicos e humanos do Serviço de AVC de Reabilitação permitem fazer face tanto às incapacidades mais comuns decorrentes dos acidentes vasculares cerebrais (paralisia ou perturbações do controlo dos movimentos, alterações da sensibilidade, perturbações da linguagem, alterações da memória e alterações psicológicas) como a outras situações mais complexas.

No Serviço de AVC de Reabilitação existem:

  • Quartos individuais ou duplos, com casa de banho privativa e acesso directo aos jardins
  • Camas equipadas com um cockpit - computador movimentado através de um braço articulado, colocado junto à cama do paciente e que lhe proporciona diversas funcionalidades, além de permitir à equipa que o acompanha aceder ou introduzir informações que sejam necessárias sobre o doente
  • Espaços de convívio e lazer, onde os doentes dispõem de todo o conforto que carecem
  • Áreas técnicas específicas, nomeadamente espaços dedicados especialmente à reaprendizagem das tarefas diárias.