Neuroestimulação em Demências

O Hospital do Mar Cuidados Especializados Lisboa tem uma área própria, com arquitetura pioneira a nível europeu, concebida especialmente para as demências. Tal como na arquitetura, também a equipa e os programas de trabalho respondem às necessidades especiais das pessoas com alterações da memória e dos doentes com demência.

O número crescente de pessoas afetadas por demências requer soluções para estas doenças, que afetam profundamente e durante períodos de tempo prolongados, tanto o próprio doente como sua a família.

A compreensão das alterações das capacidades cognitivas e funcionais associadas às demências e a procura de formas para tentar amenizar o seu impacto profundo nos doentes e nos seus cuidadores, permitem atrasar significativamente a progressão e, naturalmente, os efeitos destas doenças.

Ao contrário da ideia que está generalizada, existem hoje terapêuticas específicas, com resultados significativos, ao nível do atraso da progressão destas doenças e da melhoria da qualidade de vida dos doentes e das suas famílias.

Saber distinguir alterações da memória e diagnosticar as várias demências é fundamental, porque as terapêuticas farmacológicas e não farmacológicas são diferentes em cada caso.

O Hospital do Mar Cuidados Especializados Lisboa oferece soluções adaptadas aos problemas da memória, bem como às diferentes demências nas suas várias fases de progressão: 

  • Clínica da memória: clínica de avaliação e acompanhamento que visa distinguir problemas de memória de situações de demência, bem como propor a terapêutica mais indicada a cada situação. 
  • Programas de acompanhamento: em que são delieneadas as soluções mais adaptadas à evolução previsível da doença. 
  • Terapêutica farmacológica: por prescrição especializada.
  • Terapêutica não farmacológica: o Hospital do Mar Lisboa, que tem nas demências, especialmente na doença de Alzheimer, uma das suas áreas de atuação preferenciais, desenvolve programas específicos de estimulação não farmacológica, com vista a retardar ou contrariar o carácter evolutivo destas doenças. Este trabalho é realizado em estreita colaboração com as famílias, tanto pelo apoio e orientação que estas necessitam, como pela importância que a manutenção dos laços afectivos tem para os doentes. Os programas de estimulação não farmacológica visam, globalmente, o treino e a recuperação das capacidades cognitivas, motoras, sensoriais, de integração e de relacionamento social afetadas pelas demências. Também nesta área, os programas desenvolvidos no Hospital do Mar Lisboa são delineados em função das necessidades de cada doente, incluindo-se tanto em áreas terapêuticas específicas, com metodologias e objetivos próprios, como em projetos partilhados por várias áreas terapêuticas, com métodos que se complementam para atingir objectivos comuns. 

Soluções flexíveis em internamento ou em centro do dia

No Hospital do Mar Lisboa os programas de estimulação nas demências são realizados tanto em internamento como em centro de dia, opções que podem ser ponderadas em função das necessidades de apoio à família. Contam com a prestação da equipa multidisciplinar, responsável pela avaliação detalhada e individual dos doentes.

Todo o ambiente confortável e acolhedor do Hospital do Mar Lisboa, especificamente na Unidade de Internamento de Demências, é particularmente adequado aos objetivos pretendidos, ao que acresce a prestação profissional e carinhosa de uma equipa especializada para acompanhar estes doentes e para os auxiliar em todas atividades diárias, procurando sempre contribuir para a sua autonomia.